quarta-feira

Dia 9 = Rabanal del Camino - Vega de Valcarce

Dia: 27/04/07
Distancia Percorrida: 82,61 Km
Tempo de Pedal: 6h 06m 50s
Tempo total do dia: 9h 43m
Velocidade maxima: 58,5 km/h
Velocidade Media: 17,6 km/h
Km totais percorridos: 671,42 Km
Fotos deste dia: Aqui.
ou
Aqui.

Na manhã de hoje, deixei o albergue de Rabanal sob intensa neblina, mas em uma paisagem deslumbrante, com plantas e cores fantásticas,,,

Mais um pouco de subida, e chegamos na Cruz de ferro, um dos pontos altos do caminho. Aqui existe a tradição de os peregrinos deixarem uma lembrança do seu país, mais especificamente uma pedra. Claro que pequena,,,

Deixei uma pedrinha brasileira e uma de Portugal, meu país por adoção.
E deixei também uma bandeira do Brasil,,,
Agradeci por chegar até aqui, tirei algumas fotos com outros peregrinos e segui meu caminho, aguardando o frio da descida,,,

Um pouquinho abaixo, fica Manjarim, um lugar mágico, com um casal bastante acolhedor.
É pausa certa para um café e um pouco de descanso.

Seguindo o caminho, a neblina enfim desaparece e a descida torna-se incrivelmente alucinante. De novo aos 58 km/h, vento no rosto e muita adrenalina na estrada.

O dia foi longo, mas enfim chego ao Albergue do Brasil. O proprietário deste albergue é o Itabyra, um goiano de Rio Verde. Sou amistosamente recebido pela hospitaleira Cristina Vaz, uma mineira de BH.

As apresentações de praxe, informando-nos os horarios e rotinas do albergue, e logo instalo-me e aproveito para lavar roupas e dar uma "geral" na Lady Laura,,,

Conforme o combinado, a Katia apareceu, e havia também uma alemã, uma polaca, uma inlglesa e um brasileiro, Rony, de SP.

A parada em Vega de Valcarce é estratégica, pois antecede em apenas 6 km um dos trechos mais bravos do percurso, que é O Cebreiro. Uma loooooonga subida.
Fica o real concelho de pernoitar aqui e poder desfrutar a subida do Cebreiro sem esforços exagerados. Mas ainda com muito esforço.

A noite, ao jantar, temos a típica comida brasileira, com direito a doce de leite na sobremesa,,,
Itabyra e Cristina, muito obrigado!

1 comentário:

Rodolfo disse...

ôi Glaiquinho. Fico muito feliz em saber de sua aventura. Parabéns, aproveite e se orgulhe dste seu feito. Sucesso em tudo o que fizer, são os vótos dos tios e primos.